terça-feira, 11 de julho de 2017

Quanto vale um filho?


Essa resposta era pra ser simples.

Mas não é quando não se tem um filho por meios naturais.

Vale toda espera? e se a espera te deixar louca?

Vale todo dinheiro que você tem? e se você não tem muito ou nada

Não vale desistir?

Vale quanto? Vale até quando?


..................................................................



Oi pessoas!

Várias vezes venho até aqui e penso no que vou escrever. E foge a inspiração...

Então decidi postar os meus pensamentos recorrentes, recentes sobre a gravidez de parto normal, pois a de parto cardíaco está indo de vento em poupa ❤

Desde meu último post (como contei para vocês) estou realmente me sentindo gravida do coração!!

E isso me trouxe uma alegria, uma paz que a muito tempo não sentia. Uma sensação tão boa ❤ que de verdade não esperava sentir. No primeiro dia no fórum eu me senti quase-grávida... Agora a sensação está mais forte ainda! Sinto que estou realmente mais perto do meu tão sonhado sonho!
A adoção, desde momento que entrou na minha vida, só traz alegria!! Quanto isso não posso e nem tenho do que reclamar ❤

Mas e a gestação da barriga? E seu parto normal tão sonhado. E amamentar?

Eu simplesmente não consigo mais saber a resposta para essas perguntas. Não sei mais avaliar o quanto eu desejo, o quanto espero, o quanto eu pago, o quanto eu acredito, o quanto quero isso.

Perdida estou entre a felicidade da gestação do coração e o quanto ainda quero a gestação física.

Provavelmente farei mais uma vez o tratamento. Só não sei mais se é porque quero muito ou porque a ação de desistir cobra um preço alto na consciência.

Não sei qual preço quero pagar.

“Direito à busca da felicidade” A busca não é tudo ou nada – ela é tudo E nada. (Jeanette Winterson)

PS: Não é direito à felicidade.


beijos♡lambuzados♡de♡Mel
da Futura confusa Mamãe Ursa

▲Topo